PORTO ALEGRE: polos com efeitos distintos de bem-estar urbano

 PORTO ALEGRE: polos com efeitos distintos de bem-estar urbano

Luciano Fedozzi e Iara Regina Cartello apresentam uma análise do bem-estar urbano da região metropolitana de Porto Alegre, região constituída por dois polos que se estruturam ao longo da BR116 e tem no eixo central as melhores condições urbanas, cercada por uma periferia a leste e a oeste. No polo da capital Porto Alegre verifica-se um território de excelência no que diz respeito às condições de vida urbana, e do outro, uma periferia com condições mais baixas de infraestrutura. Já o polo Novo Hamburgo-São Leopolodo apresenta melhores condições de bem-estar urbano no seu entorno.

Clique aqui para baixar o PDF